Últimas Notícias

Hoje às 10:03

Título de Cidadão é entregue pela Câmara de Parnamirim

Ao contrário do que acontece em muitas câmaras municipais no RN que diluem no ano a entrega de Título de Cidadão, a Câmara Municipal de Parnamirim/RN realizou ontem sua mega festa de entrega de Título de Cidadão Parnamirinense.                     

Cada vereador teve direito a duas indicações como é de costume e o critério da entrega de tal honraria é de responsabilidade de cada parlamentar. São pessoas que prestam relevantes serviços(ou prestaram) ao município na atualidade ou num passado recente, daí o reconhecimento a estas pessoas que não nasceram aqui, nesta terra Trampolim da Vitória.

Depois da solenidade de entrega os presentes de deslocaram para a área do estacionamento onde foi servido o coquetel sem bebidas alcoólicas.

A chuva deu um susto na rapaziada, mais não foi suficiente para estragar a festança que rolou num clima de paz e harmonia noite a dentro, sob o comando do Presidente da casa Vereador Rosano Taveira.

Galerias de Fotos

Hoje às 09:24

3º Batalhão da PM em Parnamirim promove sua confraternização

O Coronel Jair Júnior comandante do 3º Batalhão de Polícia do Rio Grande do Norte, promoveu na manhã/tarde de ontem no Clube Albatroz na Base Aérea do Natal, a festa de confraternização com os PMs que integram a corporação.

Mais uma vez Jair caprichou no evento que começou pontualmente às 11:00 hs como programado e entrou pela tarde num clima descontraído e música ao vivo.

O 3º Batalhão é responsável pelo policiamento de 4 município no RN, Parnamirim, São José de Mipibu, Nísia Floresta, Monte Alegre e tem, um efetivo de cerca de 320 policiais.

Galerias de Fotos

Hoje às 09:03

Réveillon de Natal terá queima de fogos na Ponte Newton Navarro e Ponta Negra

O réveillon em Natal este terá dois pontos de queima de fogos e três locais com atrações musicais. A queima de fogos será realizada na Ponte Newton Navarro, que liga a praia do Forte a praia da Redinha e numa balsa na praia de Ponta Negra. O show pirotécnico deve durar em média 12 minutos.

Os shows musicais serão realizados na Praia do Forte, próximo a estatua de Iemanjá, no Ponto Sete em Ponta Negra, ao lado do Centro de Artesanato e Centro Histórico, próximo a Pinacoteca do Estado. Valorizando o ouro da casa, todos os três polos vão destacar artistas locais. A exceção fica por conta do Maestro Spok (PE), que se apresenta na Praia do Forte.

PRAIA DO FORTE
Palco próximo a estátua de Iemanjá
Maestro Spok
Banda DUGIBA e Convidados (Khrystal, Leão Neto, Lane Cardoso, Rodolfo Amaral, Isaque Galvão e Sérgio Groove).
Rastafeeling

CENTRO HISTÓRICO
Palco próximo a Pinacoteca do Estado
Plutão Já Foi Planeta;
Leão Neto e Banda;
Simona Talma;
Os Grogs.

PONTA NEGRA
Ponto Sete - Próximo ao Shopping do Artesanato
Lane Cardoso e Banda;
Perfume de Gardênia;
Khrystal

Hoje às 09:03

Guarda compartilhada deve atender interesse da criança e convívio familiar

A aprovação pelo Senado, no fim de novembro, do projeto de lei que dispõe sobre a aplicação da guarda compartilhada de filhos de pais separados (PLC 117/2013) despertou uma série de debates sobre esse tipo de guarda, com muita repercussão nas redes sociais e no meio jurídico. A maior novidade do projeto aprovado é o compartilhamento como regra, mesmo que não haja acordo entre pai e mãe. O texto aguarda sanção.

A guarda compartilhada já é definida em lei no Brasil desde 2008, mas, apesar do crescimento no número de divórcios, ainda é posta em prática de forma tímida. Segundo dados do último Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), de 2000 a 2010 as separações aumentaram cerca de 20%. De acordo com as Estatísticas do Registro Civil, o Brasil registrou em 2011 a maior taxa de divórcios desde 1984, chegando a 351.153, um crescimento de 45,6% em relação ao ano anterior. Em 2013, foram concedidos 324.921 divórcios e em 86,3% deles a responsabilidade pelos filhos foi dada às mulheres, contra 6,8% cuja decisão foi pela guarda compartilhada. No estado com maior índice de guardas compartilhadas, o Pará, o índice chega a 11,4%.

Um dos motivos para a pequena adesão à guarda compartilhada é a incompreensão do seu significado ou a confusão com a guarda alternada, que, apesar de ser praticada, não consta como opção na lei. A advogada e professora de direito civil da Universidade de Brasília (UnB) Suzana Borges Viegas de Lima explica que a essência do conceito da guarda compartilhada é a participação de ambos os pais no processo de
desenvolvimento e educação dos filhos. Não significa necessariamente uma divisão equitativa de tempo, mas uma divisão equilibrada, para que haja uma convivência saudável entre pais e filhos. Já a guarda alternada se caracteriza quando o filho menor reside alternadamente na casa do pai e da mãe, por períodos de tempo que podem ir de dias a meses. Enquanto o filho está na casa de um, o outro genitor passa a ter direito a visita e vice-versa, confundindo a modalidade com uma guarda unilateral com alternância no tempo. Na guarda unilateral, só o detentor da guarda tem o poder de decidir sobre a vida do filho, como escolher o colégio que ele vai frequentar.

Além da confusão conceitual, a mudança na lei em 2008 estabeleceu que a guarda compartilhada deveria ser concedida “sempre que possível”, o que deixou muito subjetiva a definição, quase sempre atrelada à ausência de litígio no casal.

— Com a expectativa da sanção do projeto que institui a guarda compartilhada como regra, haverá um reforço de sua implementação como melhor modalidade de guarda para atender o melhor interesse da criança — argumenta Suzana Borges.

O melhor interesse da criança é definido caso a caso e pode ser atendido com a guarda unilateral ou, em casos extremos, concedendo-se a guarda a um terceiro, como uma avó ou uma tia. No caso da guarda compartilhada, explica a professora, a criança poderá contar com ambos os pais não só no dia a dia, mas na tomada de decisões conjuntas que visam ao seu bem-estar.

— É preciso que as partes sejam esclarecidas sobre o significado da guarda compartilhada. Muita gente chega perante o juiz sem saber o que é e quais são seus benefícios. Ficam
discutindo patrimônio e pensão e se esquecem dos filhos — diz Suzana.

A juíza de direito Ana Maria Louzada, titular da 1ª Vara de Família, Órfãos e Sucessões de Sobradinho (DF), acrescenta aos motivos para a pouca concessão da guarda compartilhada a divisão tradicional de papéis entre pais e mães.

— Ainda hoje predomina a concessão de guarda unilateral para as mães porque a grande maioria das mães quer essa guarda e a grande maioria dos pais não quer essa guarda. Quando o pai se interessa pela guarda, ela é normalmente deferida como guarda compartilhada — relata.

Para Ana Maria, a entrada em vigor da nova lei poderá incentivar os pais a tomar a dianteira e participar mais da vida dos filhos, não se comportando apenas como visitas.

— A gente não visita os filhos, a gente tem convivência com os filhos — pondera a magistrada.

Convivência familiar é, junto com o melhor interesse da criança, princípio subjacente à guarda compartilhada. Além de constar do texto constitucional, é também um direito assegurado pelo Estatuto da Criança e do Adolescente.

— Quando falamos em guarda, em convivência, é sempre importante ter em mente o ponto de vista da criança, e não de um direito absoluto dos pais. A participação dos pais é importante. Se eles estavam juntos no casamento, a criança tinha uma convivência rotineira com ambos os pais, não há razão para que essa criança seja privada de um dos pais, que ele seja excluído do projeto conjunto de parentalidade — pondera Suzana Borges.

No entendimento da psicóloga Ely Harasawa, gerente de Programas da Fundação Maria Cecília Souto Vidigal, a aprovação da guarda compartilhada reflete a preocupação da sociedade em garantir espaço para que o pai também possa exercer seu papel na criação e no desenvolvimento dos filhos.

— Mas é importante que a guarda compartilhada não se transforme em motivo para conflitos e disputas entre os pais que possam prejudicar os filhos. Quanto menor é a criança, mais ela precisa sentir-se segura e vivendo num ambiente de harmonia — pondera a profissional, que trabalha em defesa da primeira infância.

A juíza Ana Maria Louzada diz não considerar a guarda compartilhada uma novidade, pois ela está no Código Civil desde 2008 e isso significa que antes mesmo de 2008 ela deveria estar sendo aplicada. Ela reconhece, no entanto, que há promotores e juízes que têm resistência à guarda compartilhada principalmente quando não há consenso entre o pai e a mãe.

— Eu quero acreditar que esse projeto de lei que veio revitalizar essa paternidade torne isso mais comum nos tribunais e que os filhos tenham a devida assistência tanto do pai quanto da mãe. E essa assistência é muito mais do que manutenção econômica. É realmente participar da vida do filho, amparar — argumenta.

Para Suzana Borges, a lei aperfeiçoa a guarda compartilhada ao estabelecê-la como regra.

— Os juízes têm muito receio de atribuir a guarda compartilhada a casais que não estão se entendendo. Se nós dependermos só do consenso, várias famílias deixarão de ser beneficiadas pela guarda compartilhada  — adverte Suzana.

Hoje às 09:02

MPF denuncia estudantes acusados de fraudar o Enem no Ceará

O Ministério Público Federal (MPF), no Ceará, denunciou nesta segunda-feira, 15 de dezembro, dois estudantes acusados de fraude no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2014, cujas provas foram aplicadas nos dias 08 e 09 de novembro. Bianca Miranda Matias e Valbert Souza Gomes contrataram um homem que repassou, via celular, o gabarito do primeiro dia do Exame.

Para viabilizar o esquema, o candidato se inscreveu como sabatista, alegando problemas de visão, e compareceu ao local da prova com um celular comprado exclusivamente para a fraude. Já a estudante usou dois aparelhos. O de sua propriedade foi entregue ao fiscal de sala, enquanto o outro foi mantido dentro de sua bolsa.

Como os denunciados precisaram mudar de sala, em decorrência de um problema elétrico, eles foram revistados por policiais federais na saída. Foi nesta hora que os celulares com as mensagens de texto, contendo o gabarito da prova, foram encontrados. A ação penal é assinada pelo procurador da República Celso Costa Lima Verde Leal, em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense.

O crime de fraude em certames de interesse público prevê pena mínima de um ano de reclusão. Além das investigações para identificar o homem acusado de repassar os gabaritos aos réus, o órgão também apura o vazamento do tema da redação do Exame, por meio de aplicativo de celular, no Ceará e no Piauí.

Em 14 de novembro, a operação Apollo, da Polícia Federal, prendeu quatro pessoas em Juazeiro do Norte, no Cariri cearense, e na Paraíba e cumpriu sete mandados de busca e apreensão, inclusive no Piauí. No mesmo dia, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep,) José Francisco Soares, descartou a possibilidade do Exame ser cancelado.

Hoje às 09:01

Mais de 100 mil páginas do Wordpress foram infectadas por malware

Mais de 100 mil sites que executam o WordPress foram comprometidos por um malware misterioso. As informações são do Ars Technica.

Segundo pesquisadores de segurança, o malware em questão transforma os sites infectados em plataformas de ataque que podem afetar os visitantes. O ocorrido fez com que o Google sinalizasse mais de 11 mil domínios como maliciosos, mas muitos mais locais foram detectados como ‘comprometidos’ de acordo com um post publicado no domingo (14) pela Sucuri, empresa que ajuda os operadores de sites a proteger seus servidores.

Os pesquisadores confirmaram que a causa da contaminação estava relacionada com uma vulnerabilidade no Revolution Slider – um plugin para WordPress – que foi divulgada no início de setembro. O código faz com que as páginas forcem download do conteúdo malicioso de hxxp: //soaksoak.ru/xteas/code.

Um scanner gratuito da Sucuri irá detectar sites que estão ativamente comprometidos. A melhor forma de solucionar o problema envolve a remoção do código malicioso adicionado a um script localizado em wp-includes/template-Loader.php

"O maior problema é que o plugin RevSlider é um plugin premium, não é algo que todos podem facilmente atualizar e que por si só se torna um desastre para o dono do site", afirmou a Sucuri em seu último post. "Alguns donos de sites nem sabem que possuem o plugin, já que ele veio atrelado a seus temas. No momento, estamos corrigindo milhares de sites e muitos de nossos clientes não tinham ideia de que o plugin ainda estava dentro de seu ambiente".

A postagem também observou a dificuldade de limpeza dos locais infectados, afirmando:

“Estamos ouvindo um monte de recomendações online de apenas substituir os arquivos de swfobject.js e -Loader.php para remover a contaminação. Isso remove a contaminação, mas não aborda os backdoors que sobraram e os pontos de entrada iniciais. O site será infectado novamente rapidamente. Se você for afetado por isso, precisa não só remover a contaminação, mas também parar todos os ataques maliciosos. Você pode parar esses ataques usando um site de Firewall – o nosso ou de outra pessoa –. Apenas use um firewall, um real de preferência".

Hoje às 08:59

Ministério Público é principal beneficiado nas emendas da CCJ ao Orçamento de 2015

A Comissão de Constituição e Justiça do Senado (CCJ) aprovou, na manhã desta terça-feira (16), quatro emendas ao Orçamento da União de 2015, consideradas pelos senadores capazes de contemplar o que deseja a maioria daquele colegiado. O principal beneficiado foi o Ministério Público da União, ao qual foram destinados R$ 180 milhões.  Relator da matéria, o senador Aníbal Diniz (PT-AC) propôs a aprovação das seguintes cifras:

R$ 139 milhões – para viabilizar a implementação de quadro de pessoal próprio da Justiça Eleitoral;

R$ 75 milhões – para assistência medica e odontológica do Superior Tribunal de Justiça;

R$ 40 milhões – para o Tribunal de Contas da União aplicar na fiscalização da aplicação de recursos públicos federais;

R$ 180 milhões – para a modernização das instalações do Ministério Público Federal.

Referindo-se às 143 emendas parlamentares, Aníbal Diniz disse que tentou contemplar o maior numero possível de senadores que as apresentaram nesse conjunto de quatro emendas.

Aprovado o relatório, o senador Waldemir Moka (PMDB-MS) se disse preocupado por que não foi aprovada nenhuma emenda destinada a atender a demarcação de terras indígenas.

— Eu tenho uma preocupação porque a única alternativa para alocar recursos na demarcação de terras indígenas é a CCJ – afirmou Moka, reclamando por que tantas emendas beneficiam o Ministério Público e negligenciam essa questão.

O presidente da CCJ, Vital do Rego (PMDB-PB) prometeu então que emendas destinadas à demarcação de terras indígenas serão colocadas no Orçamento de 2015, via remanejamento.

— Já falei com o relator sobre uma emenda de remanejamento que aloque recursos para demarcação. E Romero Jucá [PMDB-RR] já me deu essa garantia — assegurou o presidente da CCJ.

Hoje às 08:57

Conselho de Ética instaura processo de cassação de Jair Bolsonaro

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados instaurou hoje (16) processo de cassação de Jair Bolsonaro (PP-RJ). O presidente do colegiado, Ricardo Izar (PSD-SP), informou que até amanhã (17) definirá o relator do caso. O escolhido será sorteado entre os deputados Ronaldo Benedet (PMDB-SC), Marcos Rogério (PDT-RO) e Rosane Ferreira (PV-PR).

A representação foi apresentada quarta-feira (10) passada pelo PT, PCdoB, PSB e PSOL, que acusaram Bolsonaro de quebrar o decoro ao ofender a deputada Maria do Rosário (PT-RS). Em pronunciamento no plenário da Câmara, o deputado disse que não estupraria Maria do Rosário "porque ela não merece”. A agressão ocorreu após a deputada comentar o relatório final da Comissão Nacional da Verdade.

Em breve defesa prévia, Bolsonaro afirmou que também ficou ofendido com as “acusações” contra os militares. “Sou capitão do Exército”, justificou. Segundo ele, não houve um fato novo no episódio da última semana. Ele afirmou que, após ouvir as “ofensas” da deputada gaúcha, apenas lembrou, na tribuna, de um fato ocorrido em 2003, quando, ao conceder entrevista para defender seu ponto de vista sobre a redução da maioridade penal, Maria do Rosário o acusou de estuprador.

“Apesar de o homem ser mais insensível à provocações, ela me chamou de estuprador. Mostrei as fitas. Ela estava defendendo o Champinha, que havia estuprado e assassinado uma menina de 16 anos em São Paulo. Não tenho culpa se ela não gostou dos argumentos que usei com a Rede TV. Ela interferiu numa entrevista e acabou se vitimizando”, lembrou.

Bolsonaro disse que não se arrepende, mas que “faria diferente muitas coisas. Muitas vezes, começamos a namorar uma pessoa e depois nos arrependemos .É natural”. Ao se defender, ele reconheceu que a Câmara merece respeito, mas alfinetou: “ isto aqui também está longe de ser um convento”.

Ele evitou fazer previsões sobre o parecer do Conselho de Ética, mas se mostrou otimista quanto à decisão no Supremo Tribunal Federal (STF), que, nesta semana, recebeu denúncia da Procuradoria-Geral da República (PGR) por incitação ao crime de estupro.

“O Artigo 53 da Constituição diz que os parlamentares são invioláveis, civil e penalmente, por quaisquer palavras, opinião e voz. A PGR não julga, denuncia. Essas imagens, caso o ministro Fux, do STF, leve adiante, tenho quase certeza de que ele optará pelo arquivamento”, afirmou.

Na sala do conselho, o deputado recebeu apoio de algumas pessoas que acompanhavam a instauração do processo. Entretanto, do lado de fora do Congresso, um grupo protestava contra a conduta dele. Na carta encaminhada ao presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), os manifestantes se declaram representantes da sociedade civil e de movimentos sociais e pedem a punição de Jair Bolsonaro.

“Não é admissível que um representante político assuma, mais de uma vez, postura criminosa diante dos demais parlamentares, do país e continue sem qualquer punição. Não é admissível que a imunidade sirva à impunidade. Há anos, o Brasil e o mundo assistem a seus discursos preconceituosos, que, claramente, incitam o ódio e a violência contra as mulheres e, de maneira semelhante, contra grupos sociais historicamente marginalizados”, destacaram os manifestantes.

Jair Bolsonaro foi reeleito em outubro deste ano para o sétimo mandato no Congresso Nacional. Com 464.418 votos, foi o deputado federal mais votado no Rio de Janeiro.

Hoje às 08:56

Pesquisa mostra ascensão do Whatsapp e decadência de Twitter e Google Plus no Brasil

Noventa milhões em ação... na rede. Esse é o atual número de internautas brasileiros, cerca de 57% da população com 12 anos de idade ou mais. Apesar de o topo da pirâmide etária estar cada vez mais largo, ainda são os mais jovens que dominam a internet: 73% dos que a acessam têm menos de 35 anos. E um dado confirma uma tendência que já vinha sendo verificada: a expansão da web, num país que carece de infraestrutura de cabeamento por fibras óticas, se dá pelo ar. Mais da metade (ou 65%) dos internautas tem como método de acesso primordial uma rede móvel — por meio de um smartphone ou tablet. Os dados são de um levantamento, ainda não publicado, feito pela agência de publicidade F/Nazca com o instituto de pesquisas Datafolha.

— Não é novidade que são os mais jovens que estão mais conectados. O importante é ver como eles ditam o que vai ser usado ou não. Vemos que os mais velhos refletem, com um certo atraso, o comportamento que seus filhos e netos demonstram — afirma Renan Castro, mestre em Sociologia da Comunicação pela Universidade Federal Fluminense (UFF).

WHATSAPP E INSTRAGRAM CRESCEM
O uso das redes sociais é o grande indicador disso. O Facebook  continua como o preferido entre as redes, usado por 88% dos entrevistados. A maior novidade está exatamente em uma aposta posterior do criador da rede social, Mark Zuckerberg: o WhatsApp. Comprado em fevereiro deste ano por cerca de US$ 16 bilhões (equivalentes a R$ 42 bilhões), o aplicativo cresceu bastante entre os brasileiros no último ano. Em 2013, 7% tinham o hábito de trocar mensagens por lá. Este ano, o número disparou para 37%, fazendo dele o segundo app social mais usado no país. Fenômeno semelhante ocorreu com o Instagram. No ano passado, 9% afirmavam utilizar o aplicativo de fotos; em 2014, foram 17%, mesmo percentual do Twitter (que teve, porém, uma queda de cinco pontos percentuais).

— Esse movimento nas redes sociais pode significar muito mais uma mudança nas plataformas do que nos aplicativos. O Whatsapp e o Instagram são aplicativos estritamente ligados ao uso dos celulares e tablets. É como se um nicho tivesse se consolidado, e ele é pautado na mobilidade — afirma Castro.

De fato, em apenas um ano, 19 milhões de brasileiros passaram a acessar a internet por meio do celular ou do tablet. Em dois anos, esse aumento foi exponencial: de 37%, em 2012, para os 65% deste ano. Mesmo em casa, o celular é usado como porta de entrada prioritária (52%) para a internet. O uso de computador de mesa ficou em segundo lugar (42%), o notebook ou o laptop vieram em terceiro (40%), e o tablet apareceu com 12%. Apesar da colocação, os tablets tiveram um crescimento expressivo. Em dois anos, saíram de 5 milhões para 13 milhões de usuários.

— Essa mobilidade, que gerou diversas trocas de mensagens e informações cada vez mais rápidas, fez com que ações e manifestações presenciais pudessem ocorrer — diz Castro.

Segundo a pesquisa, 54% dos internautas ficaram sabendo pela internet de alguma mobilização de rua. Apesar da predominância da classe C na web, são os mais ricos que afirmaram se sentir mais impactados com informações sobre ações ou manifestações. As redes sociais exerceram uma contribuição para a mudança de opinião em diferentes temas e momentos de 2014 para 51% dos brasileiros. A comparação entre o Rio e São Paulo também foi levantada, e os cariocas afirmaram que se sentiram mais impactados com o ativismo on-line: 59% deles, contra 50% dos paulistanos.

— Falamos muito de ativismo on-line e de como as manifestações de junho do ano passado foram impactadas pelas redes sociais. Ainda tentamos entender de que forma o processo se deu, mas já conseguimos identificar a plataforma — diz o professor. — O WhatsApp foi a forma de comunicação. Já a propagação das versões e das imagens ocorreu muito pelo Facebook. Não é a toa que são as duas redes que mostraram predominância durante o ano.

A pesquisa contou com 2.600 entrevistas em 144 cidades do país.
Saiu no O Globo.

Hoje às 08:43

Maria do Rosário protocola denúncia contra Bolsonaro no STF

A deputada federal Maria do Rosário (PT-RS) protocolou nesta terça-feira 16 uma queixa-crime por injúria e calúnia contra o deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) no Supremo Tribunal Federal (STF). "Eu não faço isso por mim, faço por todas as mulheres brasileiras, porque ninguém merece ser estuprada", disse a deputada, acompanhada por parlamentares e representantes de movimentos de Direitos Humanos. "Não aceito que dentro do Congresso Nacional e em nenhum outro lugar exista a incitação a violência, a calúnia, a difamação e a injúria, como muitas mulheres sofrem todos os dias no Brasil", completou.

Na denúncia protocolada no STF, consta que “em sua manifestação, o deputado federal do PP, Jair Bolsonaro, fez afirmações de teor ameaçador, incitador de violência contra a dignidade sexual, as quais ostentam, a um só tempo, configuração criminal de opinião caluniosa e injuriosa que, induvidosamente, destinam-se a ofender a dignidade sexual, a honra e a cidadania.”

Bolsonaro voltou ao noticiário na semana passada depois de afirmar em plenário que só não estupraria a colega de casa Maria do Rosário (PT-RS) "porque ela não merece". A repercussão, imediata, culminou com o pedido de cassação protocolado em conjunto por PT, PSB, Psol e PCdoB. No entanto, de acordo com o Conselho de Ética da Câmara, o pedido de cassação contra Bolsonaro será engavetado no dia 31 de janeiro, data da nova legislatura do Congresso.

Além da ação no STF, a deputada gaúcha também está movendo um processo contra Bolsonaro no Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios por danos morais.

Na segunda-feira 15, foi a vez da vice-Procuradora-Geral da República, Ela Wiecko, denunciar Bolsonaro por incitação pública ao crime de estupro. No texto, Wiecko argumenta que“o denunciado abalou a sensação coletiva de segurança e tranquilidade, garantida pela ordem jurídica a todas as mulheres, de que não serão vítimas de estupro porque tal prática é coibida pela legislação penal. Ao dizer que não estupraria a deputada porque ela não ‘merece’, o Denunciado instigou, com suas palavras, que um homem pode estuprar uma mulher que escolha e que ele entenda ser merecedora do estupro”.
Saiu na Carta Capital.

Hoje às 08:41

STTU intensificou fiscalização para garantir uso adequado de vagas para idosos e pessoas com deficiência

A partir de demanda do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) intensificou o trabalho de fiscalização dos estacionamentos em shoppings e supermercados da cidade. O objetivo é garantir que as vagas destinadas a idosos e pessoas com deficiência sejam usadas adequadamente por aqueles que tenham esse direito, ainda mais neste período de compras aquecidas.

A atuação Ministerial acontece há algum tempo, por intermédio da 9ª Promotoria de Justiça de Natal, inclusive com ajustamentos de conduta firmados com a própria STTU e com proprietários de estabelecimentos comerciais. O órgão de trânsito já fez, nos estacionamentos, um trabalho educativo chamado de Multa Moral, e tem descentralizado, inclusive, o requerimento da credencial que possibilita o exercício do direito de estacionar nas vagas reservadas por idosos e pessoas com deficiência, os quais poderão obter tal documento por intermédio dos estabelecimentos comerciais conveniados ou diretamente na STTU. A partir deste mês de dezembro as multas começaram a ser aplicadas.

Apesar dos estacionamentos estarem situados em ambientes privados, a Secretaria de Trânsito possui atribuição para fiscalizá-los, já que são de uso coletivo, conforme expressa a Nota Técnica nº 413/2010/CGIJF do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran). A aplicação de multa está prevista, por sua vez, no Código de Trânsito Brasileiro (CBT), no inciso XVII do artigo 181.

Para firmar o TAC, a 9ª Promotoria de Justiça levou em consideração que o Poder Público Municipal deve exercer o poder de polícia no tocante à garantia do direito das pessoas com deficiência e idosos. Então, deve disponibilizar agentes de trânsito suficiente para coibir abusos, multar e aplicar demais consequências administrativas. Os veículos que estiverem estacionados inadequadamente podem, inclusive, ser guinchados.

TAC com os proprietários dos estacionamentos

Quanto aos ajustamentos firmados com os estabelecimentos, por exemplo, o Favorito Supermercados, Wellpark Estacionamentos (Shopping Cidade Jardim e Praia Shopping), Via Direta Shopping e Midway, foram no sentido de serem implementadas as adequações necessárias nos estacionamentos, inclusive com a devida sinalização e a observância no número exigido de vagas reservadas para pessoas com deficiência e idosos, entre outras providências.

Hoje às 08:40

Nova vacina contra gripe chega ao mercado

A primeira vacina contra quatro cepas do vírus influenza, da gripe, acaba de ser aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) — dois tipos da A e dois da B, aumentando as chances de proteção contra a doença. A formulação tetravalente estará disponível somente na rede privada a partir do começo do ano que vem. Indicada a partir dos três anos de idade, a novidade, internacionalmente conhecida como Fluarix Tetra, tem como principal vantagem a inclusão de mais um tipo de cepa do vírus influenza B.

— O impacto da influenza B é um pouco menor do que o da influenza A, já que circula em menor intensidade, por isso também que não se fala muito dela. Mas em 2013, aqui no Brasil foi registrada uma importante taxa de internação pelo vírus, que respondeu por um em cada quatro casos de gripe — afirma a pesquisadora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) Nancy Bellei, acrescentando que a faixa etária mais acometida é a das crianças e dos adolescentes.

No país, a vacina até então oferecida pelas clínicas e pelo governo é a trivalente, com proteção contra três cepas do vírus — dois da influenza A e um da B. De acordo com o Ministério da Saúde, a imunização atual pode reduzir em até 45% o número de hospitalizações por pneumonias e 75% a mortalidade por complicações do vírus influenza. Ainda não há previsão para que a nova vacina entre no Calendário de Vacinação.

EFEITO COLATERAL É MITO
Segundo Bellei, não passa de um mito a ideia de que a vacina contra gripe poderia causar a doença. Ela esclarece que há cerca de 182 vírus respiratórios em circulação, dos quais apenas quatro são influenza. Por isso, diz, é muito comum as pessoas confundirem um simples resfriado com uma gripe.

— Para ser gripe, é preciso estar há três dias com febre alta, ter dores na juntas, tosse. A gripe é persistente, diferentemente do resfriado — diz Bellei.

A doença, como alerta a Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), pode afastar um indivíduo por até cinco dias da escola ou do trabalho. Os mais suscetíveis a graves complicações são crianças, idosos, mulheres grávidas, pacientes com doenças crônicas e profissionais da saúde.

Essas pessoas, que compõem o grupo de risco, são as que têm maior indicação para a vacina. Bellei lembra que ela deve ser repetida anualmente, devido à queda do nível de anticorpos e à mudança na composição, atualizada periodicamente de acordo com as orientações da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Hoje às 08:39

Vídeos que criam ‘orgasmo mental’ viram sensação na internet

Algumas pessoas, ainda crianças, experimentam uma sensação física agradável no couro cabeludo quando têm um interesse especial ou ficam fascinados por algo, ou quando estão sendo tocados ou acariciados de determinadas maneiras.

A sensação é compartilhada por muitas pessoas e têm um nome - ASMR. Além disso, há milhares de vídeos dedicados a provocar essa sensação.

Uma pesquisa pelas iniciais em buscas do Google resultam em 1,5 milhão de resultados. A maioria mostra o trabalho de "artistas de ASMR", fazendo vídeos em seus quartos, jardins e cozinhas. E alguns deles são incrivelmente populares.

À primeira vista, é difícil perceber o motivo. Por que alguém assistiris a 18 minutos de uma mulher demonstrando formas de dobrar toalhas e guardanapos? No entanto, em dois anos, este vídeo teve 770 mil visualizações.

Há vídeos de ASMR que mostram mãos de mulheres com unhas feitas batucando em uma superfício de plástico, ou de alguém tocando embalagens de plástico, pessoas recebendo massagens, ou sussurando para as câmeras. Há pessoas que fingem ser médicos fazendo um exame do nervo do crânio, outras fingem cortar cabelos, fazer uma entrevista de emprego ou ser recepcionista de hotel no check-in (este vídeo dura 41 minutos e teve 460 mil vizualizações).

O termo de pesquisa ASMR também traz vídeos de séries de televisão americanas dos anos 1980 em que o artista Bob Ross ensina ao espectador como pintar, correndo o pincel sobre a tela enquanto explica calmamente o que está fazendo, com sua voz tranquila e aveludada.

O que todos esses vídeos têm em comum é que assisti-los desencadeia - em algumas pessoas, pelo menos - uma sensação especial em seu couro cabeludo, melhor descrito como um zumbido ou formigamento. É uma sensação relaxante e extremamente agradável.

Sussurros gentis
As iniciais em inglês significam Resposta Meridional Sensorial Autônoma. Soa como um termo científico, embora não haja nenhuma ciência por trás disso e não esteja claro quem inventou a denominação. Parece com os arrepios ou o frio na barriga que algumas pessoas sentem ao ouvir certos tipos de música, mas as causas e a sensação são diferentes.

A decana dos videomakers desse tipo de trabalho é, sem dúvida, uma mulher loira com um sotaque do leste europeu que se identifica como Maria GentleWhispering.

Seu vídeo "Oh such a good 3D-sound ASMR video", que dura 16 minutos e apresenta vários efeitos sonoros diferentes, concebidos para desencadear a resposta, é o mais popular na rede, com 7,6 milhões de visualizações em pouco mais de dois anos, apesar de sua baixa qualidade de som.

Não está claro onde ela mora, embora seja provável que seja nos EUA, onde há uma subcultura florescente de ASMR.

No Reino Unido, outra estrela do ASMR, Emma, que se autodenomina WhispersRed ASMR no YouTube, tem mais de 40 mil assinantes.

Ela vive no entorno de Londres, onde faz vídeos em uma pequena casinha no final de seu jardim. Neles, ela fala para a câmera devagar e hipnoticamente, com uma voz muito suave, enquanto faz sons suaves com utensílios que incluem até livros de velcro, ou fingindo limpar os ouvidos do espectador.

A qualidade do som de seu vídeo é muito melhor do que a de Maria GentleWhispering, especialmente se você ouvir com fones de ouvido. Emma usa microfones binaurais, que gravam da perspectiva do ouvido de uma pessoa, e dão ao ouvinte uma experiência especialmente envolvente.

Ela sentiu pela primeira vez a sensação (que ela chama de "enrugamento na cabeça") quando era criança, e lista as situações: "Um teste de visão, um corte de cabelo ... na escola quando a professora lia uma história ou escrevia no quadro negro... quando uma das outras crianças lia uma história... fazendo nosso planejamento, ficar ao lado da professora quando ela estava olhando meu trabalho ... crianças brincando com o meu cabelo."

"Nós sentávamos em círculo, brincávamos com o cabelo do outro e fazíamos cosquinha nas costas uns dos outros - todos aquelas coisas boas coisas que costumamos fazer quandos somos crianças desencadeavam minha ASMR."

Ela começou a assistir a vídeos quando estava tendo problemas para dormir e procurava algo no YouTube para ajudá-la a se acalmar. Descobriu o que chama de "comunidade ASMR", entrou em um grupo online chamado ASMR Reino Unido e começou a fazer vídeos de si mesma para que os outros membros do grupo soubessem quem ela era.

Seu público-alvo são adultos, mas ela recentemente começou a fazer vídeos especificamente destinados às crianças, em resposta a pedidos dos telespectadores. Seus vídeos, como os de muitos outros profissionais, veiculam publicidade que gera uma renda modesta.

Laura Stone também começou a assistir vídeos quando ela estava tendo problemas para dormir. Ela tinha pesadelos e ataques de pânico após uma morte na família. Para ela, assistir vídeos também gerou interesse em fazê-los. "Eu queria ajudar as pessoas como elas me ajudaram", diz ela.

Elas faz seus vídeos - às vezes, três por dia- em sua casa em Essex. A sala da frente está cheio de adereços que ela planeja usar - uma boneca com cabelo comprido, uma peruca loira, algumas joias ruidosas, um coçador de costas e uma folha de papel de embrulho. A maioria de seus vídeos envolvem "role-plays", com ela e seu namorado engajados em um 'faz de conta'.

O feedback, diz ela, tem sido muito positivo. "As pessoas dizem que eu as ajudo a dormir. Pessoas solitárias, que não têm muitos amigos ou não saem, sentem que eu sou sua amiga."

E ela ainda acha útil assistir a vídeos de outras pessoas: "O sono é 100% melhor quando eu assisto a vídeos; se eu não assistir a um vídeo não durmo bem."

É um vício então? Ela admite esta possibilidade. "Sou um pouco viciada, mas é um bom vício, um vício saudável, há muitos piores. Definitivamente me acalma. Se estou sofrendo um ataque de pânico, sei que em cinco minutos assistindo a um vídeo todos os sintomas de ansiedade desaparecem e em 10 minutos estou mais calma." E assistir a vídeos, diz ela, é preferível a usar medicação.

O mecanismo
Isso preocupa Frances McGlone, professor de neurociência da Universidade John Moores, de Liverpool.

Ele diz que não é possível explicar o mecanismo que produz a reação física que dá origem aos estímulos porque ninguém tem pesquisado a questão. "Em uma olhada rápida nos buscadores mais respeitados para pesquisas científicas publicadas, eu não consegui encontrar nada que explicasse, com uma base neurobiológica, por que essas experiências sensoriais são provocadas pela observação desses vídeos ASMR", diz.

Mas ele é profundamente cético em relação a seu uso como uma espécie de terapia alternativa caseira: "O que me preocupa é ter indivíduos suscetíveis que querem acreditar nesse tipo de coisa, porque eles realmente têm problemas e precisam de algum tipo de ajuda psicológica - que é onde eu fico um pouco irritado, porque as pessoas podem se submeter a técnicas que não oferecem qualquer benefício a longo prazo para uma condição subjacente."

Ele também aponta que a maioria destes vídeos são apresentados por mulheres atraentes, o que significa que pode haver um elemento erótico em seu apelo. E, de fato, alguns têm tentado promover o termo "braingasm" - mistura de brain, cérebro em inglês, com orgasmo - como um nome alternativo para ASMR.

Muitos dizem, no entanto, que a sensação não se parece com a do sexo. Por enquanto, o ASMR segue sendo um mistério.
Saiu na BBC Brasil.

Hoje às 08:38

Sites de paquera para muçulmanos

Casamentos arranjados são uma prática comum em muitas sociedades, mas o processo de apresentação e triagem dos noivos pode ser uma grande fonte de ansiedade para os jovens envolvidos, mesmo que eles fiquem satisfeitos com o resultado.

Adeem Younis lembra-se das tentativas orquestradas por sua família. Ele conta que passava por uma grande pressão quando uma pretendente era levada para jantar em sua casa.

Nestas ocasiões, costumava ouvir: "Você não gosta dela? Por que não? Ela tem duas pernas, ela tem dois braços, ela é uma profissional. Como você pode não gostar dela?"

Motivados a iniciar um processo menos constrangedor, Younis e outros muçulmanos na Europa e nos Estados Unidos passaram a buscar novas maneiras de encontrar sua alma gêmea. Assim nasceram os sites de namoro voltados para praticantes da religião.

O site SingleMuslim.com (Muçulmanos Solteiros, em inglês), fundado por ele quando ainda estudava na faculdade, em 2000, tem hoje mais de 1 milhão de membros e diz formar cerca de quatro casais por dia.

O empreendedor afirma que a sua ênfase no caráter duradouro dos relacionamentos nascidos ali vai além da dos sites de namoro comum.

"No Islã, o casamento representa metade de sua religião", diz, citando um ditado que muçulmanos acreditam ter sido proferido por Maomé. "O Islã nos ensina que o casamento é a base da nossa sociedade. É um assunto muito sério."

Sem estresse
A popularidade dos site de namoro não é uma novidade - na última década, eles se tornaram um fenômeno em diversos países, principalmente os ocidentais.

Seguidores de outras religiões, como o cristinanismo e o judaísmo, hoje podem escolher buscar suas caras-metades online em sites voltados para seus respectivos nichos.

A ideia vem conquistando adeptos agora entre os muçulmanos ocidentais. Para muitos deles,
O namoro online é uma solução sem estresse para o desafio de encontrar um parceiro em países onde poucas pessoas costumam compartilhar da sua fé.

É também uma ferramenta para buscar parceiros em 'subnichos' da comunidade.
Um dos sites do gênero, o Muslimmatrimony.com, por exemplo, permite buscar usuários que seguem diferentes doutrinas do islamismo e filtrar os resultados pelo idioma falado por seus usuários.

Outro, o ishqr.com, diz ser o lugar perfeito para feministas em busca de um "companheiro feminista, ousado e humilde".

Poucas oportunidades
Muhammad e Catherine se conheceram online há quatro anos. Hoje, estão casados e têm dois filhos. Mas a busca pela felicidade conjugal não foi fácil.

"Muçulmanos devotos não frequentam bares e boates. Isso é comum nas culturas ocidentais, mas na cultura muçulmana é mal visto", afirma Muhammad.

"Então, não há muitas oportunidades para conhecer gente, além dos arranjos feitos por nossas famílias."

Ele frequentou vários sites de namoro comuns antes de testar um serviço exclusivo para muçulmanos.

"Mandei o primeiro email para Catherine em meados de 2010. Tudo evoluiu muito, muito rápido. Casamos três ou quatro meses depois. Quando você encontra a pessoa certa, você sabe logo de cara."

Muhammad é de Bangladesh. Catherine é britânica e se converteu ao islamismo na faculdade.
Os dois parecem formar um casal incomum, mas de certa forma exemplificam o tipo de relação que estes sites de namoro buscam apoiar.

Identidade global
"A identidade islâmica é global. Não é física nem geográfica, mas ideológica", diz Mbaye Lo, professor de árabe da Universidade Duke e autor de um estudo sobre a aplicação de ferramentas online em casamentos muçulmanos.

"Isso explica por que esses sites normalmente mostram um africano muçulmano com uma garota indo-paquistanesa em sua página principal. É para representar o Islã como algo global, fazer com que as pessoas se relacionem globalmente."

Segundo Lo, isso permite que jovens de países conservadores escolham com mais liberdade seus potenciais parceiros.

"O status quo de muitos países não é favorável às mulheres, a que elas façam escolhas. A internet torna isso mais fácil", ele afirma.

O tunisiano Riad conheceu sua mulher pela internet em 2012. "Fiquei apaixonado no momento em que a vi", diz ele.

No entanto, assim como muitos homens do Oriente Médio e do norte da África, ele encara o namoro online com certa reserva.

"O mundo virtual é um mundo de mentiras. Você não sabe com quem está falando", afirma.

Orgulho
Diferentemente do Ocidente, onde os sites de namoro para muçulmanos atraem jovens com uma forte identidade religiosa, Riad conta que, na Tunísia, é o oposto.

"Famílias muito religiosas preferem que seus filhos conheçam seus parceiros pelos meios tradicionais, através da família. Para eles, conhecer alguém pela internet não é algo natural, e isso é visto de forma suspeita", acrescenta.

Mas, no Ocidente, esta indústria está em plena ascensão. Younis, que criou o SingleMuslim.com, nunca imaginou que o site se converteria em seu trabalho em tempo integral.

Depois de 14 anos, o site deu a ele mais do que orgulho profissional. Alguns anos depois de ter criado o serviço, ele próprio se casou com uma mulher que conheceu na rede.

Hoje, Younis é um orgulhoso pai de quatro crianças - entre elas uma menina que nasceu enquanto esta reportagem estava sendo escrita. Saiu na BBC.

Ontem às 08:34

Câmara de Parnamirim encerrou ontem ano legislativo

A Câmara Municipal de Parnamirim encerrou ontem suas atividades legislativas de 2014 realizando a última sessão ordinária.

A Mesa Diretora está computando quantas sessões foram realizadas este ano, mais o Presidente Rosano Taveira já adiantou – batemos o recorde!

Nesta última sessão do ano, Taveira aproveitou para apresentar aos vereadores presentes, um pouco do site da câmara 100% transparente e a primeira casa legislativa do estado a ter este dispositivo totalmente sintonizado com o Ministério Público. Todas as informações que possa interessar a população e as autoridades, estão no www.camaradeparnamirim.com.br  informações essas atualizadas.

Na última sessão ordinária apenas 9 vereadores dos 18 que a casa do povo tem, estavam presentes.

Hoje a câmara realiza a tradicional Entrega de Título de Cidadão Parnamirinense a partir das 19:00 horas no plenário da câmara.

Dia 26 será a Festa de Confraternização também na câmara.

Dia 30 no Cine Teatro de Parnamirim o Vereador Ricardo Gurgel toma posse como Presidente da Mesa Diretora ao lado dos vereadores Antônio Batista (1º Secretário), Valério Felipe(2º Secretário) e Kátia Pires(vice-presidente).

Ontem às 08:29

Loja especializada em alimentos saudáveis abre as portas em Natal

Natal vai ganhar, nesta quarta-feira (17/12), a Farmeria, loja especializada em alimentos saudáveis. A festa da inauguração oficial será às 19h na loja, localizada na Avenida Prudente de Morais, em Lagoa Nova.  As portas serão abertas ao público a partir da quinta-feira (18/12). Com a proposta de estimular um estilo de vida saudável, a Farmeria oferece prateleiras de produtos com várias opções para quem quer se alimentar bem ou para os que têm dietas restritivas, em sintonia com a crescente busca dos natalenses por hábitos mais saudáveis.

Um dos diferenciais trazidos pelos jovens empresários e irmãos, Marcella e Felipe Rodrigues, está no sistema de armazenamento dos alimentos vendidos a granel. Importados da Holanda, os dispensers são à base de policarbonato, material livre de BPA – também conhecido como Bisfenol-A, substância presente em plásticos prejudicial ao organismo. Além disso, o policarbonato possui proteção UV, que bloqueia quase 100% dos raios ultravioleta. A proteção, somada ao mecanismo que impede o acúmulo de produtos antigos, proporciona alimentos sempre frescos aos clientes.

“Nós dois somos intolerantes à lactose. Por isso, pensamos em uma loja que pudesse atender pessoas como nós, e ao mesmo tempo oferecer produtos com sabor”, conta Marcella, que viajou muito em busca de inspiração e novidades para trazer à capital potiguar. Nas prateleiras categorizadas da Farmeria, o público pode encontrar produtos light, orgânicos, funcionais e suplementos alimentares, além de opções livres de glúten, lactose ou açúcar para quem tem dietas restritivas. Alguns exemplos são os grãos vendidos a granel (como goji Berry e castanha do Pará), shakes proteicos, barras de cereais e chocolates cujas composições contêm colágeno e até substâncias que combatem a indesejada Tensão Pré Menstrual (TPM).

A Farmeria tem ainda o cuidado de capacitar seus vendedores a indicar e dar orientações sobre os produtos aos clientes. Na festa de inauguração, os convidados poderão degustar um buffet à base de alimentos vendidos na loja, além de ter acesso a dicas nutricionais.

Serviço:
O quê? Loja Farmeria abre as portas em Natal
Quando? A partir de quinta-feira (18/12)
Onde? Av. Prudente de Morais,4262, Lagoa Nova (no cruzamento com a Av. Amintas Barros)
Horário de funcionamento? 8h às 19h30 (segunda a sexta-feira) | 8h às 13h (sábados)
Inauguração oficial? 17/12 | 19h | Buffet saudável e dicas nutricionais
Contatos Farmeria: (84) 3027-1515
Facebook | Instagram : /lojafarmeria

Ontem às 08:28

Agripino: votar reajuste para ministros e parlamentares é obrigação

O líder do DEM, senador José Agripino (RN), afirmou que é obrigação do Congresso votar a proposta que reajusta os salários de parlamentares, presidente da República e ministros de Estado. Segundo Agripino, os parlamentares que vão assumir o mandato em fevereiro não poderão legislar em causa própria, aumentando os próprios salários - daí a necessidade de aprovar a matéria este ano. O projeto de decreto legislativo deve ser analisado pelo Plenário da Câmara dos Deputados nesta terça (16) e em seguida seguirá para votação no Senado.

Ontem às 08:28

Mascotes olímpico e paraolímpico já têm identidade: Vinicius e Tom

Vinícius nas Olimpíadas. Tom na Paraolimpíadas. Esses são os nomes dos mascotes dos Jogos, escolhidos em eleição popular. Vinicius e Tom tiveram 44% dos 323.327 votos dos internautas computados nas últimas três semanas. Os outros dois pares de nomes que estavam na disputa eram "Oba e Eba" e "Tiba Tuque e Esquindim".

Vinícius e Tom foram expoentes da Bossa Nova, movimento que ajudou a tornar conhecidas as belezas do Rio de Janeiro, e são autores de Garota de Ipanema, uma das canções mais tocadas do mundo. “Vinícius e Tom são nomes reconhecidos pelo mundo como sinônimo de excelência, bem de acordo com a marca que queremos deixar com os Jogos Rio 2016. Além de representar a fauna e flora brasileiras, nossos mascotes agora também se conectam com o melhor da nossa música”, diz Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador Rio 2016.

“A escolha dos nomes Vinícius e Tom emprega ainda mais brasilidade aos mascotes, que são embaixadores dos Jogos. Eles têm o papel de disseminar as mensagens do evento e os valores dos movimentos olímpico e paraolímpico aos diversos públicos, especialmente o infanto-juvenil”, afirma Beth Lula, diretora de Marca do Comitê Rio 2016.

Por conceito, Vinícius, o mascote olímpico, representa a diversidade dos animais do país – conta com a agilidade dos felinos, o gingado dos macacos e a leveza dos pássaros. Tem o olfato apurado, capaz de farejar aventuras, e uma audição que ajuda a encontrar as torcidas mais animadas.

Ontem às 08:25

Versão do WhatsApp para computador pode ser lançada em breve

Em julho deste ano, quando a Microsoft fazia uma apresentação, deixou escapar que possivelmente estava em desenvolvimento um aplicativo do WhatsApp para computadores. Agora surgiram mais indícios de que essa versão de fato é real.

Pavel Durov, responsável pelo Telegram, disse em entrevista ao TechCrunch que o WhatsApp tentou contratar o desenvolvedor que criou a versão do Telegram para web. No bate papo, Durov chegou a especular que os concorrentes lançarão a novidade.

Depois disso, o pessoal do AndroidWorld holandês vasculhou os códigos da versão beta do WhatsApp e descobriu que já existe até um nome para o novo aplicativo: WhatsApp Web.

O blog montou até uma imagem da tela que mostra como ocorre o gerenciamento das sessões. Eles fizeram o layout com base nas informações obtidas nos códigos.

Para vincular a conta ao navegador, o usuário precisa fazer com que a câmera do smartphone autorize o login lendo um QR code, já que o WhatsApp não tem senha.

O WhatsApp ainda não se pronunciou sobre essas informações.

Ontem às 08:24

Projeto estabelece prisão preventiva para crime de racismo ou injúria racial

Projeto de Lei do Senado Federal (PLS 101/2014) altera o Código de Processo Penal para prever nova modalidade de prisão preventiva: em caso de flagrante de crime de racismo ou injúria racial. A iniciativa do senador João Capiberibe (PSB-AP) tem a finalidade de funcionar como um recurso pedagógico numa ação mais educativa.