Últimas Notícias

Hoje às 08:43

Natal conhece hoje seu rei e rainha do Carnaval2015

O reinado de Momo está prestes a começar. Hoje, na Praça Augusto Severo (Ribeira) acontece a escolha do Rei e da Rainha do Carnaval, tradicional evento promovido pela Prefeitura do Natal que reúne todos os candidatos e candidatas numa noite de muito samba, simpatia e também de muita técnica para agradar ao exigente júri.

Os candidatos a Rei Momo e Rainha do Carnaval participaram na semana passada da etapa de medição e pesagem. Dois candidatos a Rei Momo e seis candidatas à Rainha do Carnaval estão habilitados ao concurso desta sexta-feira, ao som da banda potiguar Perfume de Gardênia.

Antes, às 14 horas, haverá o ensaio técnico, quando os candidatos e candidatas serão orientados para o desfile oficial, que exige passos de frevo e samba no pé. A comissão julgadora é composta pela esteticista Nalva Melo, artista plástico Ricardo Veriano e por Francisco de Assis Junior. Os figurinos e adereços dos ganhadores levarão a assinatura da figurinista Kátia Pinheiro.

De acordo com o edital, os candidatos e as candidatas deverão ter disponibilidade para comparecer a todas as entrevistas e eventos durante o período carnavalesco, de 6 a 21 de fevereiro de 2015, incluindo prévias agendadas pela Comissão Gestora do Carnaval Multicultural Natal 2015.

O Rei e a Rainha vencedores receberão premiação em dinheiro no valor de R$ 7.000,00 (sete mil reais) cada. O vencedor na categoria Corneteiro do Rei/Rainha receberá uma premiação em dinheiro no valor de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) e o vencedor na categoria Figurinista/Aderecista do Rei/Rainha receberá uma premiação em dinheiro no valor de R$ 7.000,00 (sete mil reais) pela concepção, aquisição de material, confecção de figurinos e adereços, descontados os impostos correspondestes a 20%.

Hoje às 08:42

Público nos estaduais é pior do que no Vietnã, na Malásia e na quarta divisão inglesa

No país do futebol, nem mesmo a força de camisas centenárias é suficiente para garantir estádio cheio na época do calendário dominado pelos campeonatos estaduais. Até o início de maio, quando o Brasileirão começar, os 12 grandes serão reféns de público baixo em praticamente todos os jogos. O vazio nas arquibancadas, segundo levantamento do Correio Braziliense, faz com que os quatro principais regionais do país mantenham média de público inferior aos torneios de quatro países que jamais disputaram a Copa do Mundo: Malásia, Tailândia, Uzbequistão e Vietnã.

Os números consideram o público pagante de todos os jogos desde 2010 em todos os estaduais e os compara com os de países com menos tradição no futebol e com as divisões de acesso dos principais países. Juntos, os estaduais de Minas Gerais, de São Paulo, do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro tiveram média de 4.273 torcedores nesta década. O número ainda é inferior aos das segundas divisões da China, da Escócia, da Espanha, da França e do Japão; da terceira divisão da Alemanha; e até da quarta divisão da Inglaterra.

Dos quatro principais estaduais do Brasil, aquele que concentra maior público é o Paulista, com média de 5.604 pagantes por compromisso nas últimas cinco edições — ainda assim, o número é menor do que o dos campeonatos da Bélgica, da Indonésia, do Irã e de Israel. A situação mais crítica está no Rio Grande do Sul, onde os 2.286 pagantes são insuficientes para superar Cazaquistão, Croácia e Chipre — além das segundas divisões da Holanda, da Rússia e da Suécia.

Hoje às 08:38

Ação rápida da FEMURN garante manutenção de operação carro pipa para 116 municípios do Estado

Após o apelo feito pela Federação dos Municípios do Estado do Rio Grande do Norte (FEMURN), a secretaria nacional de Defesa Civil assegurou ao presidente da FEMURN, Francisco José Júnior, e a senadora eleita Fátima Bezerra, o repasse dos recursos para a manutenção da operação carro pipa, coordenada pelo Exército e responsável pelo abastecimento de 116 municípios do Rio Grande do Norte. O programa seria paralisado a partir do próximo dia 31 de janeiro. Munida das informações repassadas por Francisco José, Fátima Bezerra cumpriu agenda emergencial nos Ministério da Integração e do Planejamento, obtendo a garantia dos repasses financeiros que permitirão a continuidade do abastecimento das comunidades.

“A senadora Fátima Bezerra nos informou que os recursos necessários já foram solicitados pelo Ministério da Integração e que o Planejamento se comprometeu em repassar na próxima semana. Com isso o programa de abastecimento das comunidades por carros pipa não será paralisado. Queremos avisar aos prefeitos e prefeitas que fiquem tranquilos. Agradecemos a atenção da senadora Fátima que não mediu esforços e priorizou a resolução do problema dedicando todo o seu dia para solucioná-lo. O alerta feito pela imprensa também foi importante para chegar a informação em Brasília”, destacou Francisco José, ressaltando a importância da operação carro pipa, principalmente pela situação de seca que os municípios, em comunidades mais carentes e longínquas, continuam a enfrentar no Estado.  

Hoje às 08:23

Crimes da Lava Jato desviaram ao menos R$ 2,1 bilhões da Petrobras, diz MPF

O Ministério Público Federal divulgou um balanço sobre tudo o que foi apurado pela operação Lava Jato até o momento, nesta quinta-feira (29). Segundo informações da Folha de S.Paulo, aproximadamente R$ 2,1 bilhões foram desviados da Petrobras, mas, caso novas denúncias sejam apresentadas à Justiça, o montante ainda pode aumentar.

Os dados foram divulgados por meio de um site do MPF criado especificamente para a Lava Jato, que narra todos os detalhes da investigação. Os internautas também podem acessar peças do processo na Justiça do Paraná e podem usar um e-mail especial para o envio de novas denúncias sobre o caso.

O site revela que 232 empresas e 150 pessoas estão sob investigação das autoridades. Até o momento, 12 acordos de delação premiada foram firmados e 18 acusações formais foram feitas contra 86 pessoas pelos crimes de corrupção, tráfico internacional de drogas, formação de organização criminosa, lavagem de ativos, crimes contra o sistema financeiro nacional, entre outros.

Para ressarcimento de danos e pagamento de multas no caso de futuras condenações, R$ 450 milhões já foram recuperados e há R$ 200 milhões em bens dos réus bloqueados pela Justiça.

Através do site "www.lavajato.mpf.mp.br", o MPF afirma que "a operação Lava Jato é a maior investigação de corrupção e lavagem de dinheiro que o Brasil já teve".

Em entrevista ao jornal "O Globo", o procurador federal Deltan Dallagnol disse ao jornal que o rombo pode passar de R$ 5 bilhões apenas na área de Abastecimento da Petrobras.

Hoje às 08:22

Novos casos de Ebola ficam abaixo de 100 por semana

O número de novos casos de Ebola confirmados totalizou 99 na semana encerrada em 25 de janeiro, o menor registro desde junho de 2014, informou a Organização Mundial da Saúde nesta quinta-feira, sinalizando que a maré pode ter virado na luta contra a epidemia.

"A resposta à doença do vírus do Ebola agora passou para uma segunda fase, já que o foco muda de retardar a transmissão para acabar com a epidemia", disse a OMS.

"Para atingir esse objetivo o mais rápido possível os esforços mudaram da construção rápida de infraestrutura para a garantia da forma mais eficaz possível de melhor capacidade de identificação de casos, gestão de casos, fazer enterros de segurança e envolver a comunidade.”

A epidemia matou 8.810 pessoas em um total de 22.092 casos registrados, quase todos eles em Serra Leoa, Libéria e Guiné.

Os casos e mortes caíram rapidamente na Libéria e Serra Leoa nas últimas semanas, com 20 mortes registradas na Libéria, em 21 dias até 25 de janeiro, ou seja, menos de uma por dia.

Mas a Guiné relatou 30 casos confirmados na última semana, contra 20 na semana anterior. A epidemia também ainda está se propagando geograficamente nesse país, com um primeiro caso confirmado na região de Mali, perto do Senegal, que reabriu a sua fronteira com a Guiné na segunda-feira.

Um ressurgimento do vírus na Guiné, país onde o surto começou, iria ameaçar a meta do presidente Alpha Condé de erradicar o Ebola até o início de março.

Especialistas em doenças dizem que rastrear todos os que tiveram contato próximo com um paciente com Ebola é crucial para acabar com a epidemia. Mas em dezenas de aldeias remotas na Guiné moradores furiosos estão bloqueando o acesso dos profissionais de saúde.

A transmissão mais intensa na Guiné é no distrito de Forecariah, perto da fronteira com o oeste da Serra Leoa, o local de maior transmissão do Ebola.

Hoje às 08:21

Estudo revela que 90% dos brasileiros fazem selfie

Ao apresentar seu trio de smartphones de alumínio, nesta quinta-feira, 29, a Samsung aproveitou para divulgar um estudo que a empresa encomendou para entender qual a relação do brasileiro com a “selfie”, a mania de tirar autorretratos com a câmera do celular.

O trabalho, tocado pela Antennas, revelou que 90% dos brasileiros tiram selfies, sendo que mais da metade, 58%, o fazem quase todo dia ou ao menos uma vez por semana. Outros 29% tiram fotos de si mesmos ao menos uma vez por semana e 12% são ainda mais frenéticos: usam a câmera todos os dias.

E a pesquisa mostra também que a selfie chegou há pouco tempo por aqui. Só 25% dos entrevistados fazem isso há mais de 3 anos, sendo que 31% começaram entre 2012 e 2014 e 44% chegaram à moda só no ano passado.

A maioria dos brasileiros (72%) prefere incluir familiares ou amigos na foto, o que a consultoria apelidou de “wefie”, enquanto 34% usam o método para se incluir em uma paisagem. 29% tiram a selfie sozinhos, assim como outros 22%, que o fazem para mostrar onde estão.

Apenas 19% se fotografam para mostrar paisagens urbanas, enquanto 12% fazem a selfie no espelho.

O celular é usado por 87% dos adeptos da selfie. Depois, com 19%, vem a câmera fotográfica, e então, com 13%, o tablet. Aliás, 51% deles só usam o celular.

O mercado pode aproveitar essa moda para lucrar, claro. Além de desenvolver celulares com câmeras frontais mais potentes e recursos específicos, como fez a Samsung, é possível investir em segmentos que circundem a selfie. Um exemplo é o armazenamento, pois embora a maioria dos brasileiros não esteja disposta a pagar por isso, há quem desembolsaria até R$ 100 - interesse que aumenta se o valor garantir 1 TB de espaço.

Outra oportunidade está no pau de selfie, aquele bastão que alonga o campo de captação da câmera. 33% usariam muito, 30% usariam e 14%, às vezes. Mas 17% talvez usassem e 7%, nunca.

Para quem não armazena a foto, o negócio é mandá-la para alguma rede social ou comunicador instantâneo. 70% delas vão para o Facebook, 20%, para o Instagram, e 10%, para o WhatsApp.

Para chegar a essas conclusões, a Antennas conversou com 1.446 pessoas em várias regiões do país, dentro de todas as faixas etárias e classes sociais.

Hoje às 08:14

Microsoft distribui Office grátis para tablets com Android

A Microsoft tornou aplicativos do pacote Office disponíveis gratuitamente para tablets Android nesta quinta-feira, no mais recente passo na estratégia para obter mais usuários de dispositivos móveis para sua plataforma.

A companhia também lançou um aplicativo para o programa de email Outlook poder ser executado em iPhones e iPads, na expectativa de atrair milhões de usuários que utilizam o software diariamente no trabalho.

Os lançamentos são as mais recentes apostas do presidente-executivo, Satya Nadella, para tentar recuperar iniciativa na batalha pelos usuários de dispositivos móveis, onde a Microsoft está bem atrás de Apple e Google.

Nadella quebrou décadas de tradição em março ao liberar gratuitamente uma versão do Office para iPad antes que o programa estivesse disponível para aparelhos que executam o Windows.

A empresa pretende lançar uma nova versão do Office compatível com telas sensíveis a toque ainda este ano, quando lançar o Windows 10.
Saiu no Terra.

Hoje às 08:13

Retenção indevida de salário pode ter pena de quatro anos de detenção

A retenção de salário do trabalhador, no todo ou em parte, é definida como crime pelo Projeto de Lei do Senado (PLS)415/2014. Pela proposta, a penalidade a ser imposta a essa prática poderá chegar a quatro anos de prisão, além de uma multa a ser determinada pela Justiça. De autoria da senadora Ana Rita (PT-ES), a proposta tramita na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), onde está em fase de recebimento de emendas.

Ana Rita lembra que a Constituição já traz o mandato de criminalização para esta prática, mas a retenção dolosa de saláriosainda não foi tipificada pelo Código Penal. O que contribuiria, no entender da senadora, para uma cultura em que "tornam-se recorrentes os abusos cometidos pelos empregadores".

“Frequentemente salários deixam de ser pagos, sob as mais diversas justificativas. A título de exemplo, podemos lembrar a situação ocorrida com alguns frentistas, que têm seus salários retidos para pagar valores roubados dos postos de gasolina. Esta situação deve ser reprimida com urgência”, afirma a senadora.

Ana Rita acredita que os riscos para um empreendimento devem correr exclusivamente por conta do empregador, razão por que os eventuais prejuízos não podem ser transferidos para o trabalhador, especialmente quando se tratar de situações provocadas por terceiros.

O projeto é terminativo na CCJ, ou seja, pode ser enviado diretamente à Câmara dos Deputados se for aprovado, desde que não se apresente recurso para votação no Plenário do Senado.

Hoje às 08:12

Samsung tem lucro mais baixo desde 2011

A Samsung continua sofrendo com o aumento da concorrência no mercado de smartphones, prova disso é que a divisão responsável pelos dispositivos móveis mais uma vez puxou os resultados financeiros da companhia para baixo.

Nessa quarta-feira, 28, a Samsung divulgou ter lucrado 25 trilhões de wons em 2014, uma queda de 32% em relação aos 36,8 trilhões de wons de 2013 e que representa o menor lucro desde 2011, segundo o TechCrunch.

O lucro operacional do quarto trimestre de 2014, que caiu 27% em relação a 2013, atingiu o patamar já esperado pela Samsung e ficou em 5,3 trilhões de wons.

O grande problema é que a divisão móvel despencou 64%, com faturamento chegando a 1,96 trilhão de wons - a quinta queda seguida do setor. As vendas de aparelhos móveis representaram apenas 58% do total de lucro operacional na companhia, sendo que em 2013 a participação era de 70%.

Sem divulgar números, a Samsung afirmou que as vendas de smartphones caíram no último trimestre e que a queda continuará nos próximos três meses. Foi o que deu fôlego para aApple tomar seu lugar como maior representante do mercado.

Hoje às 08:10

Carnaval alemão desiste de alegoria inspirada em Charlie Hebdo a pedido da população

Um desfile de carnaval na Alemanha desistiu de usar um carro alegórico inspirado no semanário francês Charlie Hebdo, que teria um cartunista enfiando uma caneta no cano da arma de um terrorista, depois de receber mensagens de moradores preocupados com a segurança.

O receio com a exibição pública de palavras e imagens que possam enfurecer alguns muçulmanos aumentou na Europa desde que militantes islâmicos armados atacaram a sede o jornal satírico francês e um supermercado judeu em Paris em 7 e 9 de janeiro, matando 17 pessoas.

O Charlie Hebdo se especializou em ridicularizar o islamismo e outras religiões e prometeu não mudar sua abordagem depois do atentado, que desencadeou passeatas de milhões de pessoas em toda a França em homenagem ao semanário e à liberdade de expressão em geral.

Explicando sua decisão, o comitê carnavalesco da cidade de Colônia disse querer preservar o clima leve do evento para que ninguém sinta medo, embora tenha sido informado pela polícia que a exibição das figuras não representaria uma ameaça à segurança.

“Queremos que todos os visitantes, moradores e participantes do carnaval aproveitem livremente um carnaval festivo, sem preocupações. Não queremos um carro alegórico satírico, que atrapalhe a liberdade e a atmosfera descontraída do carnaval”, afirmaram os organizadores em um comunicado nesta quinta-feira.
Saiu na Reuters Brasil.

Hoje às 08:09

Jovem ostenta ao dirigir carro da PM e faz piadas ao lado de colega

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra dois rapazes fazendo piada dentro de um veículo da Companhia de Patrulhamento Tático (CPT), da Polícia Militar de Goiás.

Nas imagens, é possível ver o carro, que está molhado, entrando em uma espécie de garagem. Em seguida, os vidros são abaixados e o rapaz que estava na direção, segurando um cigarro, diz: “E aí, galera do zap-zap [referindo-se ao aplicativo de celular WhatsApp], essa é a primeira vez que eu estou no banco da frente”.

Depois, o autor do vídeo se afasta e os dois ocupantes dão risadas. Um dos jovens faz um sinal em alusão a uma arma e o outro continua a falar: “Aqui é nóis [sic] maluco. Falou, até mais”.

Procurada, a assessoria de comunicação da Polícia Militar informou que recebeu as imagens e identificou que o veículo pertence ao CPT de Jataí, no sudoeste do estado. No entanto, ainda não se sabe em que circunstâncias os rapazes tiveram acesso ao veículo.

A suspeita é a que eles seriam funcionários de um lava a jato, onde o carro teria sido lavado. A corporação ressaltou que o caso foi encaminhado à Corregedoria, para a devida investigação.
Saiu no G1.

Hoje às 08:06

Tocha olímpica passará por todos os estados brasileiros em 2016

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos do Rio de Janeiro 2016 anunciou, nesta quinta-feira (29.01), no Rio, detalhes do revezamento da tocha olímpica. De acordo com o planejamento oficial, a tocha passará por cerca de 250 cidades brasileiras, incluindo todas as capitais. Mais de 10 mil pessoas vão participar da cerimônia. A tocha será acesa em maio de 2016, em Olympia, na Grécia, e chegará ao Maracanã em 5 de agosto de 2016.

“Hoje é um dos dias mais importantes dos Jogos. Poucas ações vão simbolizar a emoção e contagiar o país inteiro como o revezamento da tocha. Estou muito feliz por ter dado largada ao revezamento. A ideia é de que, democraticamente, todos possam participar. Não só atletas, mas o povo de maneira geral”, afirmou Carlos Arthur Nuzman, presidente do Comitê Organizador Rio 2016.

Durante o evento, o Comitê revelou que o desenho da tocha já foi definido, mas ainda não tem data para ser apresentado oficialmente. Ao todo, o revezamento vai percorrer 20 mil quilômetros e voar 10 mil miilhas. A estimativa é de que a tocha viaje por um período de até 100 dias. As cidades que entrarão no roteiro serão divulgadas até maio deste ano.

A cerimônia contou com a presença dos patrocinadores do revezamento da tocha e de ex-atletas olímpicos, como o nadador Gustavo Borges, o jogador de vôlei Giovane Gávio e a jogadora de basquete Hortência Marcari. A expectativa é de que grandes nomes do esporte brasileiro participem da condução da tocha, embora o Comitê Organizador Rio 2016 não tenha divulgado nomes ou o critério de seleção.

“Tive a honra de carregar a tocha em várias edições, mas a maior emoção foi receber a chama olímpica das mãos do presidente Mandela em 2004. Estive no local da prisão em que ele esteve, na cela, e dali saiu a caminhada da tocha”, recordou Nuzman.

Giovane é outro que já teve a oportunidade de carregar a tocha olímpica no Rio de Janeiro, em 2004, e relembrou o momento. “Foi uma experiência fantástica. Estava no mesmo grupo do Didi e do Zagallo. Foi muito significativo para mim. Principalmente a questão do povo participando do evento, todo mundo na rua. É a hora de passar o recado de alegria, energia e confraternização”, comentou.

O Comitê Organizador divulgou apenas que a tocha passará pelo Brasil, mas deixou em aberto a possibilidade de outros países entrarem na lista, assim como a presença de estrangeiros no evento.

Hoje às 08:04

PMDB define nesta sexta candidatura à Presidência do Senado

O PMDB vai se reunir às 17h desta sexta-feira (30) para definir a candidatura do partido à Presidência do Senado. Por enquanto, apenas o senador Luiz Henrique (SC) lançou seu nome oficialmente. O atual presidente, Renan Calheiros (AL), que também pode concorrer, defende que a maioria da bancada de 19 senadores escolha o candidato do partido. Os dois parlamentares passaram a manhã desta quinta-feira (29) recebendo colegas para tratar do assunto.

Independentemente da posição do partido, o senador Luiz Henrique está decidido a levar sua candidatura adiante. Em entrevista à Agência Senado, ele disse que tem legitimidade para isso:

— Vou à bancada propor que abra a questão. Caso contrário, não participarei da votação e vou me apresentar em Plenário. Como fundador e ex-presidente do MDB, tenho legitimidade — afirmou.

Ainda segundo Luiz Henrique, sua candidatura foi movida por um sentimento de necessidade de mudança no Parlamento:

— Não saí candidato por minha vontade. É um sentimento que perpassa todos os partidos. Lembrando Ulysses Guimarães, nós fomos eleitos para mudar. Ou mudamos ou merecemos ser mudados. Em 2012, recebi apelo do Renan e recuei em favor dele. Na ocasião, ele me disse que tinha projeto de ser candidato a governador em Alagoas. Eu, com espírito partidário que sempre tive, abri mão. Esse sentimento de mudança já estava lá atrás. Agora é irreversível. Não sou dono da candidatura, mas depositário da confiança da maioria dos senadores. E vou até o fim — afirmou.

Para o representante de Santa Catarina, não seria bom negócio para a legenda a derrota interna de um dos dois candidatos:

— Seria ruim se o PMDB derrotasse um dos dois candidatos porque ambos têm história no partido. Espero que o presidente Renan seja o condutor desse processo e que o partido diga que tem dois candidatos a presidente. Vai assumir aquele que for mais votado em Plenário. Esse é o encaminhamento democrático — afirmou.

Na mesma reunião, o PMDB deve definir também o líder de sua bancada na nova sessão legislativa.

Maioria
O vice-líder do PMDB, Romero Jucá (RR), defendeu a obediência à decisão da maioria dentro do partido. Para ele, quem receber a aprovação da bancada deve ser o candidato oficial:

— Quem não  for indicado que cumpra o desígnio da bancada e possa se somar ao candidato indicado para votar por unanimidade o PMDB nesta disputa — afirmou em entrevista à Rádio Senado.

O PSB, que terá seis senadores na próxima legislatura, avisou que vai apoiar o candidato que se comprometer com as propostas apresentadas pela legenda, o que inclui as reformas política e tributária, a rediscussão do pacto federativo e mudanças nas formas de distribuição de relatorias e comandos das comissões entre os senadores.

— E se nenhum candidato se apresentar disposto a analisar isso, nós então manteremos nossa proposta e candidatura do senador Antonio Carlos Valadares — afirmou a líder do partido, Lídice da Mata (PSB-BA).

Eleição
O presidente e demais integrantes da Mesa Diretora do Senado têm mandatos de dois anos. Todos serão eleitos em votação secreta no Plenário, por maioria simples de votos, com a presença da maioria absoluta (41) dos 81 senadores.

De acordo com o Regimento Interno do Senado, a composição da Mesa deve seguir, na medida do possível, a representação proporcional dos partidos e blocos parlamentares na Casa. Por essa regra, o PMDB, dono da maior bancada, deve indicar o presidente, o segundo-vice-presidente e o suplente de quarto-secretário. O PT, que tem 13 senadores, deve indicar o primeiro-vice-presidente e o segundo-secretário. O PSDB, com 11 parlamentares, ficaria com o nome para a primeira-secretaria.

 

Hoje às 08:03

Justiça autoriza estudante de 14 anos a cursar medicina na UFS

O estudante de Itabaiana José Victor Menezes Teles, de apenas 14 anos, conseguiu na Justiça o direito de ocupar a vaga consquistada em medicina na Universidade Federal de Sergipe (UFS) pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Ele ainda está no primeiro ano do ensino médio e não poderia cursar a faculdade – o Enem só dá certificação a alunos com mais de 18 anos. Porém, o juiz autorizou José Victor a fazer uma prova de proficiência aplicada pela Secretaria de Estado da Educação (Seed) nesta quarta-feira (28).

O estudante passou no teste, recebeu o certificado de conclusão do ensino médio e vai poder se matricular na UFS. “Estou muito feliz e me sinto preparado para o desafio”, comemorou José Victor. As matrículas dos aprovados no Sisu ocorrem nesta sexta (30), segunda (1º) e terça (2).

O estudante cursava o primeiro ano do ensino médio na Escola Estadual Murilo Braga. Ele teve média final de 751,16 pontos no Enem e fez 960 pontos na prova de redação. Com o resultado, José Victor conquistou uma das 100 vagas para o curso de medicina da UFS – e ficou em 7º no grupo inscrito, de escolas públicas.

O adolescentes conseguiu o direito de fazer a prova de proficiência por liminar do juiz titular da 1ª Vara Cível da Comarca de Itabaiana, Alberto Romeu Gouveia Leite.

"Ontem [quarta] ficamos sabendo através do nosso advogado que a liminar foi concedida em favor do José Victor e seguimos com o documento para a Secretaria de Estado da Educação, onde ele fez em seguida uma prova de proeficiência com 120 questões de todas as disciplinas e uma redação. Ele foi aprovado e recebeu certificado do ensino médio que o habilita a fazer matrícula na UFS”, conta o pai, José Mendonça Teles.

A assessoria de imprensa da Seed confirmou que o estudante fez a prova e foi aprovado.

Preparação
José Victor fez o Enem no fim do ano passado e decidiu entrar na Justiça para ter o direito de usar o resultado para ingressar na universidade. O garoto diz que sempre quis ser médico e sabia que, para isso, teria que se esforçar.

Ele estudou assuntos que ainda não viu na escola para fazer o Enem, que tem conteúdos de todo o ensino médio. José Victor conta que passava uma média de 3 horas por dia resolvendo questões de provas anteriores do Enem.

“Passei o ano passado estudando para o Enem, além do conteúdo dado em sala de aula. Sem dúvida a técnica para estudar e armazenar o conhecimento foram decisivas para o meu desempenho. É preciso saber organizar o tempo e também se preparar para saber como será a prova no dia”, afirma.

A disciplina e o interesse pelo conhecimento surgiu em casa com o incentivo dos pais, que são professores da rede estadual de português e inglês. Eles ajudaram José Victor a se organizar.

“Procurei vídeo-aulas na internet, livros complementares e fui a algumas aulas do curso pré-vestibular da Secretaria de Estado da Educação (Seed) por fora, mesmo sem estar matriculado, como aluno assistente”, diz. Também no ano passado, o estudante foi medalhista na Olimpíada Brasileira de Matemática de Escolas Públicas (Obemep).

Hoje às 08:02

Vaticano vai oferecer cortes de cabelo e barba a moradores de rua em Roma

O Vaticano vai oferecer aos desabrigados de Roma não somente chuveiros como também cortes de cabelo e barba quando as instalações para isso forem inauguradas no próximo mês, disse o chefe do gabinete de caridade do papa Francisco.

O Vaticano anunciou no ano passado que iria proporcionar instalações com chuveiros na Praça São Pedro aos moradores de rua.

O bispo Konrad Krajewski disse nesta quinta-feira ao jornal católico italiano Avvenire que também iria oferecer cortes de cabelo e barba logo após a abertura em 16 de fevereiro dos chuveiros, instalados em uma das áreas da praça abrigada por colunas.

Krajewski, cujo título oficial é esmoleiro papal, disse que barbeiros e cabeleireiros voluntários vão oferecer seus serviços às segundas-feiras, dia em que tradicionalmente suas lojas fecham na Itália.

Os profissionais já doaram cadeiras, instrumentos de corte e espelhos, segundo o site do jornal.

Krajewski teve a ideia de construir chuveiros na Praça São Pedro no ano passado, depois que um morador de rua disse a ele que era fácil arrumar o que comer nas instituições de caridade de Roma, mas difícil era encontrar lugar para se lavar.

Ele imediatamente recebeu apoio do papa para o projeto dos chuveiros e então ampliou a ideia para incluir os outros serviços.
Saiu na Reuters Brasil.

Ontem às 08:35

Carnaval da cidade de Ielmo Marinho promete ser um dos maiores e mais animados do estado

O prefeito Bruno Patriota lança a programação oficial do Carnaval 2015 que será realizado entre os dias 15, 16 e 17 de fevereiro. A festa trás o slogan “Um Carnaval pra todos”, durante todos os dias do evento duas bandas animarão os foliões a partir das 22 horas em um palco que será montado em frente ao mercado público da cidade.

Uma das novidades deste ano será o desfile das “kengas e puras de Ielmo”, além da votação para o Rei Momo e a Rainha 2015, novidades que prometem marcar o carnaval de Ielmo Marinho. E lembrando aos foliões que a segunda-feira (16) será destinada aos blocos das crianças e da melhor idade.

“A prefeitura está organizando um grande carnaval com uma estrutura bem maior que a ano passado, para melhor atender os foliões ielmomarinhenses e de outras cidades que venham prestigiar o nosso carnaval”, disse o prefeito Bruno Patriota.

O Coordenador de Comunicação da prefeitura Gustavo Santos falou sobre a importância do evento, “com a realização do carnaval em Ielmo Marinho, além da alegria e diversão, temos o movimento no comércio local e oportunidades de geração de renda através da oferta de produtos e serviços aos tantos foliões que estarão presentes no município”, concluiu.

Os foliões que desejam passar a folia de Momo na cidade de Ielmo Marinho, na Região Potengi do Rio Grande do Norte, devem correr com hospedagem e se programar antecipadamente. A cidade promete ficar lotada. Serão três dias de festa na cidade.

Para curtir a festa em Ielmo Marinho, o folião não irá desembolsar nada. As festas serão gratuitas.  

Serão 7 atrações durante os três dias de folia. Além do mela-mela, trio elétrico, arrastão dos blocos e desfiles das kengas e puras de Ielmo. De acordo com a organização do evento a expectativa é reunir mais de 25 mil pessoas durante os três dias de festa.

Para saber mais, os interessados deverão entrar em contato com a Coordenadoria de Comunicação pelo telefone 84- 9112-5796. Para o turista que deseja mais informações sobre opções de lazer do município, acesse www.ielmomarinho.rn.gov.br e vá ao menu “Espaço do turista”.

Ontem às 08:32

MPRN propõe parceria com o governo para combater sonegação

O Procurador-Geral de Justiça do Rio Grande do Norte, Rinaldo Reis Lima, e o governador Robinson Faria serão recebidos amanhã (28) pelo governador de Minas Gerais Fernando Pimentel, durante audiência na sede do governo, na Cidade Administrativa Presidente Tancredo Neves, quando verificarão in loco um projeto de articulação, integração e de estruturação dos órgãos estaduais no combate à sonegação fiscal.

Em dezembro de 2014, o PGJ enviou uma equipe de promotores (Jann Polacek, João Vicente Silva Vasconcelos Leite e Patrícia Antunes Martins) a Belo Horizonte para conhecer o trabalho de recuperação de ativos que estava sendo executado pelo governo mineiro em parceria com o Ministério Público de Minas Gerais. Em 2007 foi criado um comitê institucional voltado exclusivamente para essa questão naquele Estado.

Após conhecerem a experiência exitosa de MG, as Promotorias de Justiça de Combate à Sonegação Fiscal de Natal e o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco/MPRN), através de seus titulares Jann Polacek, João Vicente Silva Vasconcelos Leite, Sílvio Roberto de Souza Lima e Patrícia Antunes Martins – elaboraram o projeto similar que será apresentado por Rinaldo a Robinson Faria, tendo ambos ido a Minas aprofundar os conhecimentos sobre o assunto, razão pela qual serão recebidos pelo governador Fernando Pimentel e pelo Procurador-Geral de Justiça Adjunto do Ministério Público de Minas Gerais, Waldemar Antônio de Arimatéia.

O MPRN defende que é necessária uma maior articulação entre MP, Secretaria de Estado da Tributação (SET), Polícia Civil (Delegacia Especializada em Investigações dos Crimes contra a Ordem Tributária – Deicot) e Procuradoria-Geral do Estado (Procuradoria Fiscal e da Dívida Ativa – PFDA) para o compartilhamento de informações e a implantação de um plano de atuação integrada, com vistas a incrementar a arrecadação estadual pela redução do nível atualmente existente de sonegação fiscal.

É justamente assim que atua o comitê implantado em MG para a recuperação de ativos, fruto de uma parceria entre o MP e o Governo do Estado. O modelo, aliás, propicia não só uma maior interação e integração das instituições responsáveis pela repressão dos crimes contra a ordem tributária e na recuperação de ativos, como também permite o planejamento anual das ações estratégicas a serem desenvolvidas pelas instituições, de maneira coordenada e integrada.

Além do PGJ, o MPRN estará representado em Minas Gerais pelo promotor de Justiça João Vicente Silva de Vasconcelos Leite. Já acompanhando o governador Robinson Faria, irão o Procurador-Geral do Estado Francisco Wilkie Rebouças Chagas Júnior, o secretário da Tributação André Horta Melo e a Procuradora-Chefe da Procuradoria Fiscal e da Dívida Ativa, Ana Karenina.

Ontem às 08:29

Canabidiol: publicada reclassificação como substância de controle especial

Resolução da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicada hoje (28) no Diário Oficial da União atualiza a lista de substâncias sob controle especial, que passa a incluir o canabidiol.

A reclassificação foi anunciada pela diretoria colegiada da Anvisa no último dia 14. Por unanimidade, a agência decidiu que o canabidiol passaria a integrar a lista de substâncias de uso controlado e não mais a lista de substâncias proibidas.

A maior parte dos diretores da Anvisa ressaltou que não há relatos de dependência relacionada ao uso de canabidiol e que há diversos indícios registrados na literatura científica de que a substância auxilia no tratamento de enfermidades como a epilepsia grave.

Os diretores também ressaltaram que a reclassificação permite que os parentes atuem na legalidade, além de incentivar pesquisas sobre o tema.

A Anvisa iniciou a discussão sobre a possibilidade da reclassificação da substância em maio de 2014. Na época, não houve decisão terminativa sobre a questão. Desde então, a agência vinha autorizando a liberação de importação do canabidiol em caráter excepcional.

Em dezembro do ano passado, o Conselho Federal de Medicina já havia autorizado neurocirurgiões e psiquiatras a prescrever remédios à base de canabidiol para crianças e adolescentes com epilepsia e que não tiveram resultado com tratamentos convencionais.

Ontem às 08:28

País descuida da água

Em termos de água, o Brasil é privilegiado. Não tem nem 3% da população mundial, mas abriga 12% da água doce disponível no globo. Essa participação sobe para 18% quando se considera apenas a água de superfície — excluindo-se as reservas em aquíferos subterrâneos, os lençóis freáticos. As reservas superficiais nacionais somam vazões médias de quase 180 milhões de litros por segundo. Onze dos 50 rios mais caudalosos do mundo estão aqui.

O Brasil também aparece bem no subsolo: metade do território nacional acomoda 20 bacias que garantiriam uma vazão de 42,3 milhões de litros por segundo. E, como são mais bem distribuídos pelo país do que os rios e lagos, os aquíferos se revelam cruciais para abastecer mais de metade da população.

Seria um cenário perfeito, não fossem os enormes problemas de saneamento básico que o Brasil enfrenta. Em termos nacionais, três em cada dez domicílios urbanos ainda não são abastecidos com água potável. Nas regiões com menor acesso a rios, nascentes e aquíferos, o atendimento é precário. Nas áreas e bairros mais pobres, o mesmo cenário. De acordo com a Agência Nacional de Águas (ANA), órgão federal que regula o setor, em 2015 só 29% dos brasileiros contarão com um abastecimento satisfatório.

Parte da responsabilidade é da diversidade de climas e relevos, que influencia a distribuição dos recursos hídricos pelo país. Na maior parte do Nordeste, ela é de menos de 100 mil litros por segundo. Na Amazônia (com 45% do território e 80% da disponibilidade hídrica nacionais, mas apenas 7% da população), a vazão chega a 74 milhões de litros por segundo. Ou seja, nem sempre a água abundante está onde há mais gente, o que é o primeiro e mais complexo desafio no abastecimento. Afinal, além de captar a água, é preciso transportá-la.

Poluição e estiagem
Em geral, a poluição e a redução da vazão dos mananciais em épocas de estiagem são os principais fatores responsáveis pela escassez de água na maior parte do mundo (há regiões onde a única solução é dessalinizar a água, por exemplo). Num ranking de saneamento básico elaborado pelo Banco Mundial, o Brasil é apenas o 112º lugar entre 200 nações. Estatísticas como a que aponta que, na Região Norte, somente 13% dos domicílios têm acesso a rede coletora de esgoto reforçam essa convicção. A ANA, em pesquisa divulgada no ano passado, disse ter encontrado água de qualidade "ruim" ou "péssima" em 44% dos pontos urbanos de coleta no país, contaminada, principalmente, por esgoto doméstico.

Por causa da poluição, mesmo um rio com boa vazão pode se tornar impróprio para o uso humano. Um bom exemplo é o Rio Tietê (SP), que, em seus piores momentos, ainda produz uma vazão de 60 mil litros por segundo. Acontece que, de toda essa vazão, apenas um terço é água natural; o resto é produto de efluentes domésticos e industriais não tratados, que são despejados no rio. Já sem a necessária proteção vegetal ao seu redor, reservatórios e represas sofrem mais com seca e se veem mais expostos ao assoreamento, que é o acúmulo de sedimentos no fundo.

Para piorar, desde o ano passado o país padece, em diversas regiões, de uma preocupante falta de chuvas, que colocou boa parte do país em risco real e imediato de racionamento, segundo alertaram os especialistas convidados pela Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI) para um debate em junho. Faltar água nas áreas semiáridas do Nordeste já é fenômeno secular — a região viveu sua pior seca em 50 anos entre 2012 e 2013, afetando quase 10 milhões de pessoas e mais de 1,2 mil municípios. Com a mais baixa precipitação pluviométrica em décadas na Região Sudeste como um todo, não só o desabastecimento de água virou ameaça na maior cidade do país, São Paulo, como também há o temor de crise elétrica.

A Agência Nacional de Águas monitora, com os estados, 507 reservatórios no semiárido, quase todos voltados para o abastecimento. Desses, quase 50% apresentavam, em meados deste ano, menos de 30% da capacidade, uma situação pior do que no ano passado. Os reservatórios das hidrelétricas do Sudeste e Centro-Oeste, que respondem por cerca de 70% da geração de eletricidade, registravam, em meados de outubro, a pior situação desde 2001, quando o Brasil enfrentava racionamento de energia, apontou o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS): armazenamento médio de água de 21,11% da capacidade total, contra 21,39% naquele ano.

A estiagem prolongada deixou à mostra a incapacidade do país em prover segurança hídrica — abastecimento regular e satisfatório de água — à população e às atividades econômicas, principalmente agropecuária e indústria, que respondem por 90% da demanda. O consumo, em meio a todas essas dificuldades, seguiu em curva ascendente. Em 2010, comparativamente a 2006, a retirada total de água das fontes de abastecimento subiu 29%, chegando a 2,3 milhões de litros por segundo, muito em função do aumento da demanda de água para irrigação, para viabilizar o crescimento da produção agrícola.

O Atlas Brasil — abastecimento urbano de água, publicado pela ANA em 2011, apontou aumento no consumo de 7,1% entre 2009 e 2010, alcançando 159 litros per capita por dia. Outras fontes especulam que já poderia estar em 187 litros, chegando a 320 nos grandes centros urbanos. Não é problema exclusivo do Brasil. Os países ricos têm um altíssimo grau de consumo e lideram a classificação em termos globais. Por exemplo, um americano gasta, em média, três vezes mais água que um brasileiro e duas vezes mais que um francês.

Além de, na média, o país consumir água além daquilo que é recomendado pela Organização Mundial da Saúde (100 litros por dia), há muitas disparidades regionais. Se o índice nacional de abastecimento é de 82,7%, no Norte e no Nordeste o atendimento é bem inferior: quatro em cada cinco pessoas moram em cidades que necessitam de ampliação do sistema de água.

Nas 100 maiores cidades, a disponibilidade hídrica é satisfatória em apenas 28%; 72% precisam de investimentos; 39%, de ampliar os sistemas, e 33%, de agregar novos mananciais, de acordo com a publicação Perdas Físicas em Sistemas de Abastecimento de Água, divulgado pela Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental (Abes) em 2013.

Cenário ideal
Para enfrentar esses problemas, o governo federal anunciou, em 2013, um novo Plano Nacional de Saneamento Básico (Plansab), que projetava a universalização dos serviços de água e esgoto até 2033. Porém, a proposta traçou cenários que dificilmente se materializarão.

No mais pessimista dos quadros desenhados pelo Plansab, o Brasil cresceria naquelas duas décadas a 3% ao ano, atividade capaz de viabilizar os investimentos de R$ 508 bilhões no setor. Ao governo federal, caberiam investimentos a partir de R$ 13,5 bilhões por ano, quando a média em 2012 e 2013 foi de R$ 8,2 bilhões.

O senador Jorge Viana (PT-AC), um dos autores do pedido de debate sobre as estiagens no país, acha inadmissível as crises de abastecimento ainda acontecerem. "Parece que o Brasil foi pego de surpresa com a crise de São Paulo. A ANA tem sistemas de previsão. Ela não é capaz de mudar o curso da natureza, mas tem bases capazes de prever se vai haver uma situação mais grave de abastecimento, inclusive por conta do regime de chuva", observou.

Soluções existem, diz o diretor-presidente da ANA, Vicente Andreu Guillo. Mas nem sempre elas vêm sendo adotadas a tempo, o que causa a insegurança hídrica. "Para a vontade política existir, é necessário o envolvimento da sociedade. Não há uma intensa mobilização social em relação a esse tema, proporcional ao risco que ele representa. Se a água não entrar na agenda política da sociedade, isso não vai virar realidade", alertou.


Os especialistas defendem, porém, que o enfoque deve se voltar não só para o aumento da oferta, com a construção e a ampliação de reservatórios e adutoras. Além de investimentos nas empresas prestadoras para modernizar os sistemas e reduzir as perdas, é preciso conscientizar a população sobre o desperdício.

Estamos, porém, ainda distantes de atingir essa meta. O ranking de saneamento básico divulgado pelo Instituto Trata Brasil em agosto mostrou que, em 62 das 100 cidades analisadas, as perdas ficaram entre 30% e 60% da água tratada para consumo. Noventa delas não conseguiram reduções significativas (superiores a 10%) nas perdas de água entre 2011 e 2012. O estudo estimou que uma diminuição de 10% em termos nacionais agregaria R$ 1,3 bilhão à receita operacional com a água, equivalente a 42% do investimento no setor em 2010 para todo o país.

A insegurança hídrica que a Região Sudeste experimenta agora é quase rotina no Nordeste. Preocupado com os impactos que a seca prolongada na região atendida pelo Rio São Francisco trouxe sobre a disponibilidade de água para consumo humano e atividades produtivas, o então senador Kaká Andrade (PDT-SE) cobrou engajamento do governo federal na solução do problema. "Não são raros relatos de cidades com problemas no abastecimento de água e prejuízos de agricultores que dependem de irrigação ou do transporte hidroviário, de aquicultores e empresários do ramo do turismo", disse o parlamentar.

Ontem às 08:22

Queiroz Galvão realiza leilão de máquinas e veículos no dia 10/02

A construtora Queiroz Galvão realiza, no dia 10/02, um leilão com o intuito de renovar seu maquinário e frota. São, ao todo, 136 lotes localizados em nove estados - São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Paraíba, Goiás, Minas Gerais,Pernambuco, Paraná e Rio Grande do Norte.

Entre os ativos estão veículos de luxo e populares, caminhões, tratores, escavadeiras mecânicas, guindastes, carretas, motoniveladoras e ônibus.

Os lances podem ser feitos pela internet,  por meio do site da Superbid (www.superbid.net), empresa que organiza a venda. O resultado é processado eletronicamente. Para participar, pessoas físicas ou jurídicas devem se cadastrar no site e solicitar habilitação previamente.

Os interessados em visitar os ativos devem entrar em contato com a Central de Atendimento da Superbid: 11 2163-7800 / cac@superbid.net.

SERVIÇO:
Leilão Queiroz Galvão
Quando: até 10/02, a partir das 11h
Onde: página do leilão na internet ou, no dia e hora do encerramento, na sede da Superbid (Alameda Lorena, 800, 2º andar, Jardim Paulista - São Paulo/SP)
Mais informações:  11 2163-7800 / cac@superbid.net